Motivos Melódicos

Uma das coisas que ajuda a incrementar um solo e deixá-lo mais melodioso são os Motivos Melódicos ou apenas Motivo.

É quase uma regra: para se solar tem que ter um bom motivo.

Acertar na mosca com uma seqüência de frases enlouquecedoras é quase que o objetivo de muitos, seja ele guitarrista, baixista, etc.

Motivos melódicos são uma seqüência de notas obedecendo uma certa regra (que nós mesmos criamos) de intervalos.

Vamos pegar o campo harmônico de Dó pra começar:

C7M, Dm7, Em7, F7M, G7, Am7, Bm7(b5)

Vou usar neste exemplo motivos com os intervalos na seguinte seqüência: 5ª, 3ª, 4ª, 5ª, 4ª, 3ª, 2ª e T… respeitando as categorias de cada acorde: maior e menor.

Primeiro compasso: C7M e Dm7

e—-3—–3—————-5—–5——————–

B——5-6—6-5-3————6-8—8-6-5————–

G——————5———————-7————

D——————————————————

A——-C7M———————-Dm7——————-

E——————————————————

Segundo compasso: Em7 e F7M

e—-7——7—————–8——-8—————-

B——8-10—10-8-6————10-12—12-10-8——–

G——————–9————————–10—–

D——————————————————

A——–Em7————————-F7M—————

E——————————————————

O terceiro compasso: G7 e Am7

–10——-10—————–12——-12————-

B—–12-13—-13-12-10———–13-15—-15-13-12—-

G———————–12————————–14-

D——————————————————

A——–G7—————————-Am7————-

E——————————————————

E pra finalizar um Bm7(b5) e C7M

e–13——-13—————15——-15———-22—

B—–15-17—-17-15-13———17-18—-18-17-15——

G———————–16—————————–

D——————————————————

A——Bm7(b5)———————-C7M—————-

E——————————————————

A seguinte progressão pode usar destes motivos:

| Em7 | Dm7 | C7M | G7(9) | C7M |

e–7——7————5—–5————————-

B—-8-10—10-8-6——-6-8—8-6-5——————-

G——————9—————–7—————–

D——————————————————

A——————————————————

E—Em7—————-Dm7—————————–

e–3—–3————-1—–1————————-

B—-5-6—6-5-3———3-5—5-3-1——————-

G—————-5——————-4-2-4————-

D——————————————3-2———

A——————————————————

E——C7M————G7(9)——————C7M——-

Bem melódico, além de ser um bom exercício pra abertura de dedos e golpe de vista.

Um outro exemplo numa frase de resolução em G, C, D e G novamente:

e——————————————————

B——————————————————

G——————————————————

D————-5-4—7–5~~~~~~————————-

A——-5-3-7—–5————————————

E—3-7————————~———————–

Em, C, D são os acordes. O Tom é Em-G, onde:

Em = Iº grau -> eólio

C = bVIº grau -> lídio

D = bVIIº grau -> mixolídio

e—————————————7————–

B—-8—10——5—7—–7—8-7——–10-8-7h8p7—

G–9—9—-9–5—5–5–7—7—–7-9—————5-

D——————————————————

A——————————————————

E——————————————————

Observe nas músicas que você goste onde o artista usa um motivo.

Aplique em outras tonalidades, use a sua criatividade e tenha sempre um bom motivo pra tocar.

Anúncios

Tons Vizinhos – Improvização

Primeiramente temos que lembrar que as melhores notas pra se resolver um solo ou delinear uma melodia estão nos acordes. Ou seja, se você vai solar sobre um Dó maior, as melhores notas estão nas que formam o acorde, neste caso: C (tônica), E (terça maior) e G (quinta justa).

Então qual a importância dos tons vizinhos?

Se você fosse pensar na próxima nota em relação as 3 notas do acorde, teríamos para Dó um Ré, para Mi um Fá e para Sol um Lá.

Abaixo temos só as notas da tríade de Dó e depois como encrementar esta pequena seqüência de notas.

e—-3——————————–
B————-5———————–
G————————5————
D————————————-
A————————————-
E————————————-

agora veja com notas vizinhas (sempre notas diatônica, ou seja, que pertencem a escala de Dó):

e—-5–3—————————–
B————6–5—-3—————-
G———————-5————–
D————————————-
A————————————-
E————————————-

Já dá pra se ter uma idéia de como incrementar frases simples e licks.

Se fossemos aplicar a mesma idéia em uma progressão que envolve um acorde G e depois um C, pegaríamos as notas que formam as duas tríades:

e—–3—————————3——————–
B———3—————————5—————-
G————–4————————–5————
D——————————————————
A—(tríade de Sol maior)——-(tríade de Dó maior)—
E——————————————————

Agora veja abaixo como pode ficar com as notas vizinhas:

e–5–3——————-5–3————————-
B——–5–3——————-6–5—3—————
G————–5–4———————–5————
D——————————————————
A—–(Sol maior)———-(Dó maior)——————
E——————————————————

Os acordes oferecem, na maioria das vezes, caminhos gostosos de tocar e quase sempre certeiros, mesmo pra quem ainda não possui uma técnica mais avançada e quer compor de forma coerente as suas músicas.

Outra maneira é com as notas que não pertencem a escala do acorde e muito menos ao acorde, mas dão um toque out-side muito interessante.

Pegamos todas as notas empilhadas do acorde e usamos meio tom abaixo, as notas como aproximação. O efeito parece tridimensional, como se o acorde tivesse uma sombra.

Vejam um desenho de um simples Sol maior:

e——-3————————–
B——-3————————–
G——-4————————–
D——-5————————–
A——-5————————–
E——-3————————–

Agora veja como encrementálo com meio-tom abaixo, criando uma melodia intrigante:

e—–2-3————————–
B———2-3———————-
G————-3-4——————
D—————–4-5————–
A———————4-5—1-2—-
E——————————-3–

e———–2-3–6-7—————
B——-2-3———-7-8———–
G—3-4——————6-7—4—
D———————————-
A———————————-
E-(este pode ser usado sobre um G mixolídio)-

Agora sobre um acorde de Sol, veja como misturar os tons vizinhos e notas de aproximação. Experimente usar tercinas, acentuando a última nota da célula. veja o destaque para notas, em que vou chamar de:

V = visinhos
T = notas do acorde
A = nota de aproximação cromática (sombra)

e—3—-|—————-5-2-3———|——–
B—3-6–|———-5-2-3-V-A-T-6-4-5—|——–
G—4—-|—-5-3-4-V-A-T——-V-A-T—|-7-4-5–
D——–|—-V-A-T———————|-V-A-T–
A——–|——————————|——–
E—G7—|——————————|——–

Outra idéia que dá um sabor oriental é pegar uma tríade maior e tocar 1/2 tom acima de qualquer grau do acorde.

Exemplo sobre tríades de E:

e–0–1p0———————————
B–0——1p0—————————–
G–1———-2p1————————-
D–2————–3p2———————
A–2——————3p2—————–
E–0———————-1p0————-

e–4–5p4———————————
B–5——6p5—————————–
G–4———-5p4————————-
D–6————–7p6———————
A–7——————8p7—————–
E–7———————-8p7————-

e–7—8p7——————————–
B–9——-10p9—————————
G–9————10p9———————-
D–9—————–10p9–7p6————
A–7—————————8p7——–
E–7——————————–8p7—

p = pull-off ou ligado ascendente (voltando)

Clima oriental e completamente inside sob o ponto de vista da escala de Am harmônico.

Mesmo sendo sempre intervalos de 1/2 tom, as notas são diatônicas da escala de Am harmônico, logo sobre O acorde E7 (Vº de Am) cai como uma luva, pois as notas vizinhas são do proprio acorde F (bVIº de Am).